Credenciamento de docentes

Norma geral da UFES (Credenciamento e Recredenciamento de Docentes):Os docentes dos Programas de Pós-graduação devem produzir trabalhos científicos e tecnológicos de valor comprovado de acordo com os critérios estabelecidos pelos órgãos internos e externos de acompanhamento e avaliação da Pós-graduação.
Os docentes devem estar cadastrados na Plataforma Lattes do CNPq e devem manter seu Currículo Lattes atualizado, informando sua produção científica e tecnológica no mínimo duas vezes por ano (até 30 de junho e até 31 de dezembro).
Os docentes de Programas de Pós-graduação são classificados em duas categorias: Professores Permanentes e Professores Colaboradores.
Após a criação do Programa de Pós-graduação, a inclusão, o desligamento e a categorização dos professores que fazem parte do corpo docente deverão ser aprovadas pelo Colegiado Acadêmico respectivo.
Os critérios de permanência e categorização dos docentes deverão ser estabelecidos no Regimento Interno de cada Programa, levando em consideração as diretrizes de sua área de avaliação da CAPES.
A categorização dos docentes se dará anualmente.
O ato de solicitação de adesão de um docente a um Programa de Pós-graduação será formalizado pelo preenchimento do Termo de Concordância para “Participação em Curso de Pós-graduação” previsto nos Anexos I e II do Regulamento Geral de Pós-Graduação.

Program policy for accreditation and reaccreditation of faculty members:

O professor solicitante de credenciamento deve apresentar carta ao programa indicando seu interesse, linha de pesquisa e disciplinas que pretende ministrar. A solicitação é analisada pela comissão do PPGAU, juntamente com a Avaliação Anual do corpo docente do programa, seguindo os seguintes critérios:

1) Desenvolver projeto de pesquisa nas linhas de pesquisa do programa aprovados por PIIC-UFES ou agência de fomento;

2) Ter pelo menos 01 artigo completo publicado em periódico Qualis B2 ou superior, podendo ser substituído este item por Livro ou Capítulo de Livro (sendo que no ano de 2014 será considerada publicação submetida e aceita) e, no mínimo, 01 artigo completo em evento de reconhecimento na área;

3) Ter no mínimo 1 (um) orientando com trabalho em andamento e 1 (um) concluído por ano de: iniciação científica, aperfeiçoamento (aprovado pelo PIIC-UFES ou agência de fomento), especialização, e/ou desenvolvimento tecnológico e industrial;

4) Ter pelo menos 1 (um) orientando de mestrado ou de doutorado concluído. Para mestrado e doutorado 2 (dois) co-orientandos em outros programas equivalem a 1 (um) orientando, não sendo computada co-orientação no próprio PPGAU. Caso o docente não tenha nenhuma orientação concluída no ano deve ter no mínimo 1 (um) orientando qualificado ou 2 (dois) em andamento;

5) Ministrar no mínimo 1 (uma) disciplina no programa a cada 3 (três) semestres, excetuando-se os casos de afastamentos vinculados à atividade acadêmica. Para as disciplinas compartilhadas entre docentes a carga horária atribuída é equivalente ao número de docentes;

6) Participar de grupo de pesquisa cadastrado no CNPq;

7) Ter dedicação à Graduação em Arquitetura e Urbanismo, expressa pelo quantitativo de trabalhos de final de graduação e de orientação de iniciação científica concluídos.

Observa-se que os critérios exigidos para credenciamento são os mesmos para avaliação do corpo docente, com exceção dos itens 4 e 5."

Transparência Pública
Acesso à informação
Reuni

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910